Recensão de Os Últimos Escritos (trad. António Pescada, 2018) de Lev Tolstói, João Freitas Mendes

Passa nestes dias o segundo Outono desde que foi dado a conhecer este volume português de Prosas Dispersas de Tolstoi, traduzidas do russo pelo reconhecido António Pescada. O título parece algo equívoco, visto que a selecção editada abrange um período de praticamente três dezenas de anos, dos 50 anos de vida do autor em diante até à data da sua morte (1882-1910).

O Mistério do Solar de Monchique, Sebastião N. Viana

“Foi há muitos anos quando quase sem forças rezava a São Cristóvão por esses trilhos endiabrados que vão desde a Serra de Monchique aos Montes da Fóia. Não sei por quantas horas andara, mas era de noite, e com a noite tudo se silenciara, menos o vento que continuava intenso, devassando as copas das árvores sem piedade.” Um conto de terror e suspense de Sebastião N. Viana.

1 2 3 4 5 8