Etiqueta: Destaque

Crítica: Muito Barulho no Teatro do Bairro!

Muito Barulho por Nada estreou no passado dia 9 de janeiro no Teatro do Bairro, e garanto-vos que tão cedo a vizinhança não vai dormir. Texto de Marta Cruz.

Lista R ganha eleições para os orgãos sociais da AEFLUL

A Lista R venceu as eleições para os órgãos sociais da AEFLUL, com 402 votos (58%) para a Direcção, 404 para a Mesa da RGA e 396 para o Conselho Fiscal, em 698 votos totais em cada orgão.

AEFLUL: Debate eleitoral das listas concorrentes

A Lista R e a Lista U estiveram reunidas com os estudantes da FLUL para responder a perguntas e confrontar opiniões. Destacámos algumas das questões que foram levantadas.

AEFLUL: Inquérito às listas R e U

Vem conhecer as listas. Fizemos cinco perguntas iguais a cada lista que concorre aos órgãos da Associação de Estudantes da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (AEFLUL). Lê no nosso artigo as opiniões de cada uma sobre o Calendário Perpétuo e quais serão as suas medidas prioritárias, no caso de serem eleitos.

Eleições para a Associação de Estudantes da FLUL nos dias 19 e 20 de Dezembro

Campanha começa hoje e as listas concorrentes são a Lista R e a Lista U.

Editorial da Edição n.º 79

Desde 2015, o jornal dos estudantes tem estado inactivo. Em Março deste ano, fomos eleitos para a direcção d’Os Fazedores de Letras, o jornal da Associação de Estudantes da FLUL. Durante este tempo, estivemos a organizar, não apenas a presente edição, mas igualmente tudo aquilo que nos é necessário para esta tarefa. Tratámos de arrumar ...

Entrevista: As crianças devem estar loucas

Conversámos com alguns membros d’As Crianças Loucas, companhia de teatro recém-formada em Lisboa, para tentarmos perceber as suas motivações e preocupações quanto à criação artística. Identidade, memórias e vontades de quem começa a dar os primeiros passos no palco – e não tem medo dos trambolhões. Entrevista de Leonor Buescu.

Raio-X. Conheça de que cursos da FLUL fogem mais alunos e quais é que têm menos desemprego

Há cursos que chegam a perder mais de 40% de alunos no primeiro ano de aulas e a taxa de desemprego dos licenciados pela FLUL varia entre 2% e 9%, dependendo do curso.