Etiqueta: Cultura

Crer num Deus desejado. Maurice Blondel, 70 anos depois da sua morte, Andreas Gonçalves Lind, sj

«O mundo contingente e finito, a ordem natural, portanto, não basta para realizar a vontade que habita misteriosamente o ser humano. A religião cristã, na sua doutrina e na sua práxis, surge como a possibilidade de conduzir o desejo imanente à sua total consumação. Assim, a fé cristã nutre a esperança nessa consumação como sentido da vida.» Texto por Andreas Gonçalves Lind, sj

Piano Jazz nas Jornadas Culturais da AEFLUL

Entrevista realizada por Cristiano Jesus ao jovem músico Pedro Falacho no âmbito das Jornadas Culturais da AEFLUL.

Relembrar outras frentes de combate em 1914-1918: as madrinhas de guerra

Assinala-se hoje, a 9 de Abril de 2019, o 101º aniversário da Batalha de La Lys, na qual as tropas portuguesas enfrentaram a força alemã. Veja o que a nossa colaboradora Leonor Buescu tem a dizer sobre uma realidade histórica que permanece muito ausente da memória colectiva portuguesa: o papel das madrinhas de guerra.

Viagem a Amarante, Cecília Sobral + Sobre Pascoaes, Sofia A. Carvalho

Uma colaboração em torno de Amarante, com fotografia de Cecília Sobral e um ensaio de Sofia A. Carvalho sobre Teixeira de Pascoaes.

20 anos de Metal Gear Solid – algumas notas sobre imersão

Uma recensão do videojogo Metal Gear Solid, a propósito do seu vigésimo aniversário. Texto de António Pereira.

Quel Amour!? : Entrevista a Diogo Montenegro

Mariana Coelho entrevistou Diogo Montenegro, coordenador editorial do Museu Colecção Berardo e actual aluno da FLUL, a propósito da mais recente exposição do museu.

Crítica: Muito Barulho no Teatro do Bairro!

Muito Barulho por Nada estreou no passado dia 9 de janeiro no Teatro do Bairro, e garanto-vos que tão cedo a vizinhança não vai dormir. Texto de Marta Cruz.

Crítica: The Art of The Deal (1987), Donald J. Trump

Texto de João N. S. Almeida. Escrito em 1987, no auge inaugural da sua popularidade enquanto magnata do imobiliário, The Art of the Deal foi pensado inicialmente como uma autobiografia. Mas desde cedo o escritor-fantasma Tony Schwartz percebeu que o modo mental de Trump não é dado a reflexões sobre o passado, tendendo apenas para ...

“[…] entre nós e as palavras, o nosso dever falar”

Texto de Youri Paiva. Foi logo ali, quando ainda não sabíamos, mas já sabíamos, que a Terra girava em torno de si própria, numa rotação de vinte e quatro horas, que Galileu terá dito, mas talvez nunca tenha dito, “E pur si muove!”. A frase pode ter sido dita, ou não, durante o julgamento de ...

Inquérito sobre o Maio de 68: Tila Cascais

Nos 50 anos do Maio de 68, lançámos um inquérito de quatro questões a quatro pessoas que estiveram, por essa altura, em França.