Categoria: Produção literária

Secção literária d’Os Fazedores de Letras.

Sentir é estar distraído, Catarina Afonso

Texto de Catarina Afonso Sou cristã acidental. Acidentalmente, como se tropeçasse de rompante numa pedra, dei por mim como um ser espiritual e religioso. Isto apanhou-me de surpresa, especialmente porque tive esta realização já com 20 anos feitos e numa visita a Sagres com os meus pais, durante o verão, numa capela que seria exatamente ...

Les Hirondelles / As Andorinhas: poemas, Clotilde Mota

Dois poemas (um deles em duas versões, uma francesa e outra portuguesa) de Clotilde Mota Les Hirondelles / As Andorinhas I(versão original, em francês) Elles sont proches. Elles sont toutes proches! Elles sont là!Et comme sont toujours belles ces hirondelles!Enveloppées dans leurs incomparables manteaux  noirsGarnissant,  mais  contrastant aussiAvec le blanc  immaculé   de leurs petits bavoirs,Elles ...

A vida pós-pandemia e a sustentabilidade no futuro, Rodrigo Pereira

Texto de Rodrigo Pereira Todo o mundo, em 2020, no início de uma nova década, durante 3 meses, foi apanhado de surpresa por um vírus desconhecido, ao qual ninguém tem imunidade e que é muito pior do que uma gripe; mata pelo menos 10 vezes mais, provoca o caos nos serviços de saúde, propaga-se muito ...

Ser professor em tempos de coronavírus (Testemunho de uma filha), Ana Sofia Souto

Texto de Ana Sofia Souto A forma como vivemos as nossas vidas mudou radicalmente a partir de meados de março, quando fomos confrontados com a realidade do COVID-19. Depois de se ter disseminado noutros países, o COVID-19 chegou a Portugal, como uma má semente que se instala em terreno fértil. Os nossos amigos, colegas, vizinhos ...

Quatro poemas de Rodrigo Pereira

Quatro poemas de Rodrigo Pereira ISE O QUE EU ESCREVO FOSSEM PALAVRAS Se o que eu escrevo fossem palavras,Elas teriam um somE derramaria tinta sem entravesNo papel, pelo meu dom. Se o que eu digo se escrevesseFaria um livro com mil canetasE alguém o leria até que adormecessePor não encontrar nenhumas letras. Se eu fosse ...

Outono, João Rebocho

Amável e ameno dia nostálgicooutono, atónito, pairava o olharao murchar das folhas, e perguntava– Ando no mesmo passo ou passeia-se o meu corpo num passo longe da minha alma? Chega-se até mim um toque seco e áspero, olho pelo ombro, adivinhando os traçossó vejo a sombra, gaguejo gelado– Ando no mesmo passo ou passeia-seo meu corpo num ...

Prólogo para um livro de poemas de amor, Tomás Ferreira

Passei pelo fogo e as minhas obras estão queimadas,Mas eu tenho dúvidas de estar purificado e justificado.Não sei a razão das coisas, não consigo penetrar com olho de profetaNo comprido e escuro abismo do futuro sem fundo.E, no entanto, tenho novas a comunicar, terríveis notícias, quiçá,Que vozes sem língua me sussurraram ao ouvido,Angustiadas visões que ...

Casa, corpo e cadeia – umas notas sobre o assunto, Fábio Duarte

Imagem: Tício (1632), de Jusepe de Ribera (1591-1652), da colecção do Museo del Prado. Fonte: Wikimedia Commons Texto de Fábio Duarte 1. Dado o estado impreciso em que roda o mundo, ou a gente que nele se esconde, as conversas ao telefone e as notícias vêm todas desaguar na mesma poça. E a doença, tão ...

Um outro vírus que desconfina em tempos de pandemia, Raimundo Henriques

Imagem: (acima) Fotografia de um sinal de trânsito inglês em que alguém corrigiu a palavra errada “alternate” pela correcta, “alternative”. (abaixo) A Torre de Babel (1563), de Pieter Bruegel, o Velho (c. 1525-1569). Óleo em painel. Texto de Raimundo Henriques Consigo imaginar três tipos de pessoas dispostas a começar a ler este texto. As primeiras ...

Começar pelo fim, João Freitas Mendes

Imagem: Composição VIII, óleo sobre tela (1923), de Wassily Kandinsky (1866-1944) Texto de João Freitas Mendes Certo sábio disse-me um dia que as relações conceptuais entre a regra e a excepção não são lineares: uma regra pode ser excepcionada uma vez, pensava eu; ele disse-me que podem existir excepções de excepções. O estado de normalidade ...